Ex-presidente Jair Bolsonaro vai depor em investigação da PF sobre caso das joias

Em um avanço da investigação sobre o caso das joias, a Polícia Federal (PF) preparou um conjunto de perguntas para o ex-presidente Jair Bolsonaro. O depoimento está agendado para às 11h da próxima quinta-feira (31), em Brasília. A lista de perguntas, cujo conteúdo é mantido em segredo, tem como objetivo evitar que os interrogados preparem as respostas previamente.

Entre as cogitadas, está se Bolsonaro deu ordem expressa para que seu ex-ajudante, Mauro Cid, vendesse no exterior um relógio Rolex, posteriormente recomprado pelo seu advogado, Frederick Wassef. Além disso, a PF quer investigar se o ex-presidente solicitou que outros presentes provenientes de autoridades da Arábia Saudita também fossem vendidos no exterior e se ele recebeu pagamento em dinheiro pelo negócio. Essas informações foram obtidas pela âncora da CNN, Tainá Falcão.